Sexta-feira, 26 de Agosto de 2016
21 de Julho de 2011 - 15:52
Operadores de Caixa de supermercados podem deixar de fazer empacotamento


 

Os supermercados poderão ficar proibidos de obrigar operadores de caixa a exercer a função de empacotador

 
 

Os supermercados poderão ficar proibidos de obrigar operadores de caixa a exercer a função de empacotador. Um projeto de lei nesse sentido – Lei nº 353/11 – tramita em caráter conclusivo na Câmara, informa Idelmar da Mota Lima, presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande – SEC/CG. 

“Esse problema de dupla função dos caixas em supermercados é muito sério pois não se trata de uma simples tarefa, já que implica na saúde do empregado que pode contrarir problemas sérios de coluna devido à dificuldade de empacotar mercadorias do mesmo local do caixa, sempre apertado”, justifica Idelmar que preside também a Federação dos Empregados no Comércio e Sereviços de Mato Grosso do Sul – Fetracom e é diretor na CNTC (Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio).

Idelmar informou que as entidades que representam os comerciários em todo o Brasil estão na maior expectativa da aprovação dessa lei de autoria do deputado Vicentinho (PT-SP). 

O texto, segundo Idelmar, obriga ainda o estabelecimento a colocar à disposição dos consumidores um serviço de empacotamento. Caso seja aprovada, a lei prevê multa de pouco mais de R$ 500 por empregado encontrado acumulando as funções, valor esse que será dobrado em caso de reincidência. 

O projeto determina ainda a fixação de cartazes em local visível, comunicando o serviço de empacotamento, sob pena de multa de cerca de R$ 200 para quem não cumprir a determinação. Idelmar diz que as grandes redes de supermercados e similares desrespeitam o trabalhador e o consumidor ao obrigar caixas a acumularem função de empacotador, criando uma espécie de funcionário "dois por um". No afã de cortar custos e aumentar as suas margens de lucro, os supermercados, segundo o presidente do SEC/CG, duplicam as tarefas do caixa e submetem o consumidor às conhecidas cenas constrangedoras.

REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO – Outro projeto que os comerciários acompanham de perto no Congresso Nacional diz respeito à regulamentação da profissão. Com essa lei problemas dessa natureza (dupla função) vão acabar. Hoje, no comércio lojista, por exemplo, é comum vendedores serem obrigados a efetuar a limpeza das lojas depois do expediente.

A CNTC e a FETRACOM/MS têm somado força com outras entidades no País para acelerar a tramitação dessas duas matérias no Congresso Nacional. As entidades que representam os comerciários têm o apoio das centrais sindicais nessa luta por melhores condições de trabalho.

Josemil Arruda


Comentários

  Nome:

  Email: seu email não será publicado!

Comentários:


principal  |  voltar  |  imprimir

 

Últimas Noticias

.
25/08/2016 - 22:35  Brasil atravessa o fenômeno da judicialização da vida, diz Barroso
25/08/2016 - 22:25  "Quase tudo pode, de certa forma, chegar ao Supremo", diz Barroso
25/08/2016 - 21:20   No Ceará, pescadores artesanais questionam revisão do seguro defeso
25/08/2016 - 21:10  Casos de latrocínio em São Paulo sobem 40% em julho
25/08/2016 - 20:55  Temer cumprimenta Juan Manuel Santos por acordo da Colômbia com as Farcs
25/08/2016 - 20:35  Casa Brasil mantém programação musical antes da Paralimpíada
25/08/2016 - 20:30  Projeto de proteção da infância será legado mundial dos Jogos Rio 2016
25/08/2016 - 20:25  Barreiras comerciais restringem competitividade de produtos brasileiros
25/08/2016 - 18:40  ABL faz homenagem póstuma a Pitanguy e declara vaga a cadeira 22
25/08/2016 - 18:35  Negros morrem 2,6 vezes mais que brancos por armas de fogo, diz pesquisa
25/08/2016 - 18:20  Competições em Copacabana divulgam esporte e cultura indígenas
25/08/2016 - 17:15  Lula vai ao Senado acompanhar depoimento de Dilma no julgamento do impeachment
25/08/2016 - 17:10  G20: meta é elevar PIB coletivo em pelo menos 2% adicionais até 2018
25/08/2016 - 17:05  BNDES reavalia se continuará apoiando a canoagem brasileira
25/08/2016 - 16:45  Serviços de atendimento precisam ouvir moradores de rua, dizem especialistas
25/08/2016 - 16:40  Brasil fechou mais de 94 mil postos de trabalho em julho
25/08/2016 - 16:25  Presidente do TST defende mudanças na lei trabalhista para país sair da crise
25/08/2016 - 14:45  Sobe para 250 número de mortos em terremoto na Itália
25/08/2016 - 14:40  Lula diz que começa "semana da vergonha nacional" ao falar sobre impeachment
25/08/2016 - 14:35  Sobe para 250 número de mortos em terremoto na Itália
 
 

Vídeos



Vídeos - Cultura